domingo, 1 de julho de 2007

Da janela...


Gosto de escrever, às vezes um pouquinho só
Gosto de escrever e pronto,
É o meu momento de prazer

Gosto da janela olhar,
A vida, a praça, as pessoas
que se olham e passam por si

Gosto de apreciar o céu,
as estrelas, as flores, você
a madrugada quando passa silenciosa,
enquanto a maioria dorme,

Impoluta me ponho, da janela a pensar
inspirar o ar fresco
que saúda o meu ser
E pra quê pensar em quê?
Se vejo somente você...

2 comentários:

crisblog disse...

Caramba...que declaração de amor !!!!

Adorei !

Beijos.

Mari disse...

Cris,

A vida é um amor declarado, e olhando da janela, podemos observar quão a vida é maravilhosa e cheia de graça.

Abraços

Mari