domingo, 24 de fevereiro de 2008

A minha ternura...

A minha ternura e um beijo a todos vocês. Excelente semana, de muita ternura, especialmente...



Minha Grande Ternura

Minha grande ternura

Pelos passarinhos mortos;

Pelas pequeninas aranhas.

Minha grande ternura

Pelas mulheres que foram meninas bonitas

E ficaram mulheres feias;

Pelas mulheres que foram desejáveis

E deixaram de o ser.

Pelas mulheres que me amaram

E que eu não pude amar.

Minha grande ternura

Pelos poemas que não consegui realizar.

Minha grande ternura

Pelas amadas que

Envelheceram sem maldade.

Minha grande ternura

Pelas gotas de orvalho que

São o único enfeite de um túmulo.

(Manuel Bandeira)


10 comentários:

Beija-flor disse...

Mari, é exatamente como vc é, cheia de ternura.
Bjos

Mari disse...

Beija-flor,

O que há com seu blog. Não consigo postar, não está disponível para comentários...

Bjs

Cris Moreno disse...

Pra vc tb.


Beijinhos.

Márcia(clarinha) disse...

Minha ternura à você flor!
dias lindos
beijos

Codinome Beija-Flor disse...

Ué!
Sei não! Tá lá Mari, abertinho.
Bjo

Direito & Esquerdo disse...

Marinês queridíssima, tô com saudade.

Mari disse...

Cris,

idem...

Mari disse...

Bela Clarinha,

Obrigada amiga. Bjs pra você...

Mari disse...

Beija-flor,

Vou lá de novo e com muito prazer...

Bjs

Mari disse...

Bruninho,

Tô me sentindo abandonada por você querido sumido.

Saudades mesmo...

Bjs