segunda-feira, 15 de março de 2010

Saudade...

...que não quer nos deixar...



nuno sampaio - olhares.com

Hoje que a mágoa me apunhala o seio,
E o coração me rasga atroz, imensa,
Eu a bendigo da descrença em meio,
Porque eu hoje só vivo da descrença.

À noite quando em funda soledade
Minh'alma se recolhe tristemente,
Pra iluminar-me a alma descontente,
Se acende o círio triste da Saudade.

E assim afeito às mágoas e ao tormento,
E à dor e ao sofrimento eterno afeito,
Para dar vida à dor e ao sofrimento,

Da saudade na campa enegrecida
Guardo a lembrança que me sangra o peito,
Mas que no entanto me alimenta a vida.

Augusto dos Anjos

9 comentários:

Claraluz disse...

Este belo Poema de Augusto dos Anjos reflete bem o que o Termo Saudade nos faz sentir...
Que sentimento é esse que ora nos entristece a alma, ora nos alimenta os olhos????


Um abraço e as melhores coisas para você!

Claraluz

Anônimo disse...

Mari ,
Foi muito legal nosso almoço no Terra do meio , pena que acabou sendo curto.
oportunidades virão e então a gente aproveitará mais e melhor.
Que figuraça o André , né não
Abraços de Sampa
Tadeu

Lu disse...

Lindo! Sinto saudade do que ainda não vivi... Bjs, amiga! Lu.

Mari disse...

Claraluz

Gosto muito dos poemas nus e crus de Augusto dos Anjos. É um dos meus poetas preferidos.

Obrigada por me visitar.

Belos dias pra você!

Mari disse...

Tadeu,

Foi tão curto que já dá saudade. Espero nos reencontrarmos em breve, foi muito legal e, apesar de curto, proveitoso.

Aguardamos você aqui no norte!

Bjs

Mari disse...

Lu,

Então trate de viver esta saudade que a persegue!

Beijo enorme pra você e olha o nosso café hein!

Anônimo disse...

Good website.

Scandinavian Search Engne Optmization adviser providing low cost all-encompassing service (sokoptimering).
[url=http://www.smotop.se/smotopbloggen/]SMOTop[/url]
http://www.smotop.se/sokmotoroptimeringskonsult.html

Geraldo Brito (Dado) disse...

Lindo

Ione Coutinho disse...

Lindo poema, e lindo o seu blog, nos faz viajar por caminhos onde só o amor existe.

Abraços,

Ione