sábado, 26 de julho de 2008

Me dê a sua mão...

Dá-me a tua paz, a tua amizade, o teu amor...

Doce Amizade

No doce aroma;
Que no ar espargis
Sinto tua presenca
Suave...
Eu te pressinto, te sinto
No doce aroma
Que no ar espargis
E tenho a certeza
Que meu pensamento
No teu pensamento se mescla
E juntos se elevam ao Criador
E toda a dor, toda a saudade
Que nos invade
Por encanto se desfaz
E por instantes...
por doces instantes...
Sinto tua Paz.

(Vagner)


2 comentários:

...Eterno Apaixonado... disse...

Belíssimo Poema
Revela meu momento atual
pelo menos em parte
espero que ele continue
pois está muito bom
saudades
some não ta
Rum
xau

Luciane disse...

Oi, amiga, saudade de ti.
LIndo post; como sempre, de muito bom gosto.
Vou te ligar para colocar a conversa em dia.
Beijocas!!!
Lu.