domingo, 6 de dezembro de 2009

Madrigal III...


rafael miglione - olhares.com

Voai, suspiros tristes;
Dizei à bela Glaura o que eu padeço,
Dizei o que em mim vistes,
Que choro, que me abraso, que esmoreço.
Levai em roxas flores convertidos
Lagrimosos gemidos, que me ouvistes:
Voai, suspiros tristes;
Levai minha saudade;
E, se amor ou piedade vos mereço,
Dizei à bela Glaura o que eu padeço.


(Silva Alvarenga)

2 comentários:

citadinokane disse...

"Voei suspirando tristemente;
Como dizer à bela Glaura o que eu padeço?
Direi o quê?
Choro no fogo que me queima, e esmoreço por ti.
Levai... as flores, as lágrimas, os gemidos, ainda escutas?
Voei com suspiros tristes;
Levo saudades...
E, se me amas ou tens por mim piedade,
Não mereço.
Diz-me ó bela Glaura por que padeço?!"

Ahahaha... Plágio né? Gostou?
Uma boa semana.
beijos,
Pedro

Mari disse...

Nossa Pedro! Que inspiração hein? Gostei!

Bjs