domingo, 6 de janeiro de 2008

Carlos Drummond de Andrade...

... e assim pergunto: tu me amas?




Ainda que mal

Ainda que mal pergunte,
ainda que mal respondas;
ainda que mal te entendas,
ainda que mal repitas;
ainda que mal insista,
ainda que mal desculpes;
ainda que mal me exprima,
ainda que mal me julgues;
ainda que mal me mostre,
ainda que mal me vejas;
ainda que mal te encare,
ainda que mal te furtes;
ainda que mal te siga,
ainda que mal te voltes;
ainda que mal te ame,
ainda que mal o saibas;
ainda que mal te agarre,
ainda que mal te mates;
ainda, assim, pergunto:
me amas?
E me queimando em teu seio,
me salvo e me dano...
... de amor.


4 comentários:

Luciane Fiuza disse...

Quanta paixão!!! Amiga, muito amor para nós todos em 2008.

Lu.

Mari disse...

Lu,

Muito amor para todos nós, afinal de contas amar nunca é demais...

Bjs

Anônimo disse...

Eu te amo muito, amiga.
Muito amor pra ti, sempre.
Beijos!
Eliete ( A SUMIDA)

Mari disse...

Eliete,

Muita Paz e Amor em nossos corações...

Bjs