terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Ternura...

A imagem, devidamente patenteada é do Ivan com seu pequeno Enzo...




O brilho intenso

Ai de mim se um dia meus olhos deixarem de te olhar nos olhos,
dizendo-te sem palavras que eu te amo profundamente!
Não seria mais digno de tê-los...
Foram esses mesmos olhos que se perderam presos aos teus

sob a luz de um raio de sol entre as árvores,
surgido para o momento e eternizado pelo tempo,
pois cada vez que os olho profundamente,
há um brilho intenso revelando-me claramente
aquele mesmo ânimo para a devoção extrema,
como se ainda fosse à primeira vista.

(Ivan Daniel – Revelações de minh’alma)


6 comentários:

Ivan Daniel disse...

Mari, tô na área já. De volta à banda larga!!
Obrigado pelo espaço aqui no Pedra de Alquimia.
Abraço.

Cris Moreno disse...

Que lindo. Nunca mais passei por lá. Boa Mari. Adorei revê-los!

Beijos.

Codinome Beija-Flor disse...

Mari,
Ai de mim, que infelizmente não vejo mais...
Bjos

Mari disse...

Ivan!

Ainda bem que você voltou. És sempre benvindo aqui.

Bjs amigo

Mari disse...

Cris,

Estás parecida com um amigo meu. Estás com inveja da máscara é, rsrsrs

Bjs

Mari disse...

Beija-flor,

Procure vê-los ao menos em seus sonhos...

Bjs