quinta-feira, 13 de março de 2008

Arte de amar...

E como se entendem os corpos...



Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.

A alma é que estraga o amor.

Só em Deus ela pode encontrar satisfação.

Não noutra alma.

Só em Deus — ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

(Manuel Bandeira)

8 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

E como se entendem...
dias lindos e amorosos flor
beijos

Anônimo disse...

Cheguei aqui pelo blog do Bruno Soeiro.
Um blog picante, hein?
Abraços,
J. Pinto

www.jotapintodurao.sapo.pt

Mari disse...

Como não combina alma e corpo, então os corpos é que se entendem mesmo...

Bjs Clarinha

Mari disse...

J. Pinto,

Às vezes as coisas tem que ter um sabor meio apimentado para fazer a difença...

Obrigada pela visita. O Bruno é uma pessoa do coração.

Abraço a vocês

J. Pinto disse...

Dona Mari,
Errei o meu endereço, vai abaixo o correto:
www.jotapintodurao.blogs.sapo.pt

Abs,
J. Pinto

Codinome Beija-Flor disse...

Mari,
Manuel Bandeira, que me perdoe, impossível amar sem corpo e alma juntos.
Beijos

Mari disse...

Ok J.P!!

Mari disse...

Beija-flor,

Mas, é bem complicado viu!

De qualquer forma, amar é bom...

bJS