segunda-feira, 26 de maio de 2008

Rosa de maio...

Hoje é o dia do meu aniversário e também é o Dia da Literatura. Aproveito para me dar de presente a poesia de Mário Quintana - "A Canção do Dia de Sempre" e ao final, atiro a rosa dos sonhos em vossas mãos distraídas...
Nos dias de sempre e hoje, especialmente, agradeço à Deus pela vida, o amor, as amizades, pela felicidade de estar aqui com vocês neste dia belo e ensolarado. Um beijo a todos e bom dia!



olhares.com

Tão bom viver dia a dia...
A vida, assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como essas nuvens do céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência...esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,

Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas

14 comentários:

LIANE PAULINO disse...

PARABÉNS PRA VC NESTA DATA QUERIDA, MUITAS FELICIDADES, MUITOS ANOS DE VIIIIIIIIIDA.......


LIANE PAULINO

Teca Gama disse...

Também faço coro; Muitas feliciiiiiiiiiidades. E ...

Desejo a você...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua Cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender uma nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel...
E muito carinho meu.


São palavras de Drumond, mas são desejos meus a vc.

...Eterno Apaixonado... disse...

Muitas Felicidades Mari
Que você seja feliz hoje e sempre.
Somos todos merecedores daquilo que plantamos.

P A R A B É N S

Bjs

Luciane Fiuza disse...

O Mário Quintana é perfeito!
Olha só, o aniversário é teu e nós é que ganhamos presente. Coisas da Mari...
Repito todos os votos de plena alegria, amor, realização profissional, enfim, tudo o que uma alma tão linda merece.
Bjs da amiga Lu.

Maria José Speglich disse...

Parabéns pelo seu aniversário e pelo seu lindo blog

Mari disse...

Liane,

Obrigada pelo carinho e pela viiiiiiida, rsrsrs...

Bjs

Mari disse...

Teka,

Muito obrigada!

Eu adoro esta poesia de Drummond, a qual certa vez me foi dedicada por um amigo.

Procurei você e não a encontrei para um abraço. Aqui também deixo o meu.

Bjs

Mari disse...

Eterno apaixonado,

Muito certas suas palavras e obrigada pelo carinho...

Bjs

Mari disse...

Lu,

Obrigada por sua amizade e pelo seu carinho...

Eu adoro Mário Quintana e não poderia esquecê-lo nesse dia.

Bjs

Mari disse...

Maria José,

Obrigada pelo carinho e pela visita.

Bjs

Cris Moreno disse...

Parabéns. Paz. Carinho, muito carinho. Perdão pelo atraso. Vi na Beija-flor a homenagem. Muita luz pra vc, mais do que vc já tem.

Beijos.

Mari disse...

Valeu Cris!

Todo dia a gente faz aniversário, mas há sempre o dia especial né?!

Obrigada pelo carinho.

Bjs

Anônimo disse...

Querida Mari, perdão pelo esquecimento do teu aniversario. Uma data tão proxima de mim, como posso ter "deslembrado" !!!!
Aceite meus parabens com sinceridade e carinho.
Felicidades.
Fernando.

Mari disse...

Fernando,

Obrigada pelo carinho...

Abraços