sábado, 23 de agosto de 2008

Clarice Lispector...

[Devolvam a minha vida, o meu "sucesso" interior, a minha poesia...]



Foto: Daniel Oliveira - olhares.com

“Ele chorou um pouco. Era um belo homem, com barba por fazer e abatidíssimo. Via-se que havia fracassado. Como todos nós. Ele me perguntou se podia ler para mim um poema. Eu disse que queria ouvir. Ele abriu uma sacola, tirou de dentro um caderno grosso, pôs-se a rir, ao abrir as folhas. Então leu o poema. Era simplesmente uma beleza. Misturava palavrões com as maiores delicadezas. Oh Cláudio – tinha eu vontade de gritar – nós todos somos fracassados, nós todos vamos morrer um dia! Quem? Mas quem pode dizer com sinceridade que se realizou na vida? O sucesso é uma mentira”.

(Clarice Lispector – A Via Crucis do Corpo)

9 comentários:

Teca Gama disse...

Oi Linda! Vc teve um bom dia? Espero que sim!

Bem, quanto o texto da Clarice, tudo o que ela escreve é no mínimo para se refletir com carinho, mas pessoalmente acho que o fracasso é sempre uma coisa difícil de aceitar, porque nós achamos, sem que isso tenho muita lógica, que todos somos vencedores. Mas a verdade é que a vida é como uma colcha de retalho. Uns com cores alegres e outros com cores sombrias, e é assim a vida. Cheia de altos e baixos, de sucessos mas também derrotas. Mas o mais importante de tudo é como nós olhamos os acontecimentos de nossa vida, procurando sempre tirar algo de positivo dele. Não tem aquele adágio´popular que diz : "se a vida de ter um limão, faça uma limonada". É isso aí, tô tentando a cada dia ser uma vencedora e, haja açucar pra adoçar esse limão............her, herrrrrr.

Bjs

PS - Como faço pra colgar uma imagem com movimento no meu blog... fessora????????

Anônimo disse...

Quero inicialmente dizer que o teu blog está muito legal. Adorei o novo visual, as opções, a musiquinha de fundo, etc. Parabéns !!
Quanto a Clarice, cada um de nós é um pouco ela, ou ela, no geral, foi um pouco cada um de nós. É isso mesmo, não há sucesso nem vencedores,estamos fadados ao "beco sem saida". Eu diria que a própria vida é uma mentira, mesclada com algumas ideias de prazer. Mas vale a pena.
Continua publicando a Clarice no teu blog.
Fernando.

Teca Gama disse...

Muito engraçadinha!!!!!!!!!!!!!!!!

Teca Gama disse...

Engraçadinha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Codinome Beija-Flor disse...

Só vc Minha Mari,
Que capacidade de achar texto assim.
Bjos grandes

Mari disse...

Tekinha,

Assunto bem polêmico e bastante subjetivo também. Lá no Boteco das Onze seria mais prazeroso discutir estas questões, à base de um bom vinho, ôps! um suco de uva, rsrsrsrs...

Quanto a imagem em movimento, poste-a e dê uma sacudida no computador e ela se movimentará, rsrsrs...

Procuremos um computador com acesso, no trabalho e te darei a dica. Há pouco vim de seu blog, está maravilhoso.

Bj

Mari disse...

Fernando querido,

Eu adoro a Clarice, e concordo com você quando diz que temos um pouco dela, porém quando você diz que: "estamos fadados a um beco sem saída", acho meio pessimista esta forma de pensar, em todo caso respeito.

Eu diria que se a vida é uma mentira, está na hora de torná-la realidade ao menos para vivenciarmos os prazeres que ela oferece.

Obrigada pela visita. Continuaremos com Clarice em nossas vidas e neste blog, sempre.

Bjs

Mari disse...

Tekinha,

Engraçadinha, seus amores e seus pecados...

Rsrsrs...

Bjs

Mari disse...

Flor,

A Clarice que achou para nós. Valeu!

Bjs